Imagem capa - Como usar o flash? O local te diz! por Daniel Magalhães
Fotografia

Como usar o flash? O local te diz!

O uso do flash dedicado nos ensaios fotográficos ainda gera muitas dúvidas. O caminho para dominar a iluminação não é instantâneo e pode sim, trazer muitos questionamentos no processo.


Muitos reclamam que a luz do flash não gera um aspecto natural e eu até escrevi um artigo inteiro sobre este assunto, mostrando como isso é um mito. Outros fotógrafos, podem se entusiasmar com a nova estética que conheceram através do flash e pecar pelo excesso.


LUZ E NARRATIVA

Eu sempre carreguei comigo um parâmetro: seja usando o flash de forma mais expressiva ou menos, sua luz tem que criar verossimilhança (mais sobre isso neste artigo). Sua imagem precisa contar uma história; como se fosse o frame de um filme: um instante de algo que está acontecendo.


A luz então, é um recurso narrativo; somado aos outros elementos da imagem, ela ajuda a contar uma história.


UMA DICA PARA OS FOTÓGRAFOS

Minha dica neste artigo, para quem tem dúvidas sobre:

>como iluminar a pessoa?

>qual modificador escolher? 

>devo ou não usar mais sombras 

é OBSERVE A LUZ DA LOCAÇÃO!


Separei o caso de um ensaio, para exemplificar o que estou dizendo.


Essa locação é um pedaço de estrada que leva a um condomínio. Observe que temos uma área de muitas árvores e o sol atravessa as árvores criando áreas de luz e sombra que se repetem quase como um padrão por toda imagem. 





Para iluminar a nossa fotografada, nada mais claro pra mim, do que repetir esse padrão, buscando uma iluminação que também proporcione sombras, de forma a repetir o tipo de iluminação oferecido no local.


ESCOLHENDO O MODIFICADOR DE LUZ

Um beauty dish ou sombrinha rebatedora, me proporcionariam luzes muito abertas e seria difícil conseguir sombras. Um refletor parabólico qualquer, proporcionaria uma luz muito direta e contrastada demais para o padrão do local, criando um efeito pouco natural.


Minha opção foi por um grande octobox de 150cm, que proporciona uma luz de textura suave. Por sua construção octogonal, o octobox tem luz muito aberta, mas em uma local como este -com bastante espaço- consigo movimentar a luz em relação à pessoa, de forma a buscar mais sombras. Consegui assim, o melhor dois dois universos: a textura suave e natural de um grande modificador e as sombras mais acentuadas que os acessórios menores proporcionam.


Veja o resultado final:



Confere abaixo, o making of dessa fotografia:



Espero que esse breve artigo tenha aberto uma luz se você tinha dúvidas como essa!


Se você quer receber artigos assim no seu mail, deixa pra mim seu mail nos comentários ou por aqui!

Será também, muito legal ouvir sua opinião sobre este artigo ou saber quais tópicos dentro da iluminação gostaria de saber mais. Deixa pra mim sua opinião ou sugestão nos comentários!


ps.:

A iluminação pode ser o caminho certo para transformar sua fotografia, os meus Workshops de Fotografia ou Consultorias para Fotógrafos, são experiências de imersão nesse universo e eu deixo tudo fácil e acessível pra você!


#coreluzsempre